InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Ruas & Avenidas Sicilianas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20, 21  Seguinte
AutorMensagem
Admin

avatar

Mensagens : 2237
Data de inscrição : 29/01/2010

MensagemAssunto: Ruas & Avenidas Sicilianas   Ter 02 Fev 2010, 6:51 pm

Relembrando a primeira mensagem :


Esse tópico deve ser usado pra qualquer personagem q busque a cidade alguma finalidade, qualquer cidade q seja na Sicília, mesmo se dois personagens aqui estiverem em cidades diferentes. Duas pessoas postando aqui nao significa q vao se encontrar.

DESCRIÇÃO GERAL DA SÍCILIA:
Idioma: Italiano (Oficial), quase todo mundo fala Siciliano tb.
A Sicília é a principal ilha do Mediterrâneo, 3 km a separa da Itália, boa parte da renda vem do turismo, a agricultura é sua principal economia devido a seu solo fértil vulcânico, dispõem tb de pecuária, vinho, petróleo refinado e extração d gás como enxofre, sua natureza nativa foi praticamente toda destruída pelo homem, inclusive o Lobo nativo (italiano) nunca mais foi visto. Baixíssima renda per capita e elevado nível d desemprego, a famosa máfia siciliana considerada extinta pelas autoridades ainda pode ser encontrada nas sombras.





Cidade do Parque Madonie (Província de Palermo):
Diz respeito a cidade próxima a capital da Sicilia (no extremo leste desta Provincia). Cidade melhor estruturada, presença do estado (o q nao signmifica muito), dedicação em apuração d crimes, cuidados em politicas culturais e manutenção dos patrimonios da humanidade q atravez do turismo, mantem as costas da Sicilia em dia. Presença do trafico a nivel mais elitisado, se a mafia Sicilia sobrevive talves aqui estajam os chefões.



Cidade no Parque Etna (Província de Catânia):
Se refere as cidades envolta do Etna, no sopé (no extremo norte desta Provincia). Parcos recursos do estado, forte presença do trafico e inclusive foi onde foram gravadas cenas do filme poderoso chefão, e a quem diga a máfia Siciliana nunca morrerá aqui a nivel mais puro e pratico. Vivem do turismo do Etna, maior vulcão europeu, nem mesmo as erupções com muitas mortes no passado afasta o povo daqui. Maior presença da Wyrm.


Última edição por Admin em Dom 01 Mar 2015, 1:51 am, editado 10 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tellurianrpg.forumeiros.com

AutorMensagem
Tellurian

avatar

Mensagens : 556
Data de inscrição : 29/01/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Qua 30 Mar 2011, 2:13 am

Narrativa Satan:
Vc sai da delagacia com os policiais do departamento encarando vc. Vc segue pra ruas e avenidas, mas vc acaba chegando onde é o apartamento d Andrew, um ap em regiao pobre.

_________________
Avisos da Administração
Regras e ferramentas mais usadas Como Lançar os Dados, Guia pra Combate e Força de Vontade pra Coadjuvantes

Como Postar com seu personagem:
-- Falas iniciam-se com TRAVESSÃO, *Ações entre ASTERISCO, apesar d as vezes nao ser necessario* e "Pensamentos entre ASPAS".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
satan

avatar

Mensagens : 449
Data de inscrição : 02/02/2010
Idade : 27
Localização : RJ

Personagem
Aparencia : Albino jamais visto, pele rosa pálida, cabelo do mais puro branco e olhos vermelhos sangue, uma anomalia.

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Qua 30 Mar 2011, 9:17 pm

"lar doce lar"

*dou uma olhada na regiao*
*caminho ateh a porta e bato*

--oh de casa...

*caso ngm responda eu entro*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
narrador

avatar

Mensagens : 620
Data de inscrição : 04/02/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Qui 31 Mar 2011, 12:21 pm

Você não tem resposta, e assim que arromba a porta ( dif 3 ridicula nem vou pedir teste) , você ja nota tudo empoierado e velho, tem ate teias de aranhas no lugar, e o mais bizarro, e como se nunca tivesse alguem habitando esse lugar, você consegue ver de cara que aconteceu algo ai, você ve marcas estranhas em um lugar, e quando se aproxima nota que e sangue, (seria os punks novamente ? ) , nota um buraco estranho no lugar como o de uma facada, porem bem maior, o nota tambem um tipo de acido contido junto com esse lugar, o mais estranho e pq? pq ? o acido não se acabou ? ele e tão forte que chegou a corroer a madeira, o que poderia causar esse acido?e o que aconteceu aqui ?

*ações liberadas, aé sim, rodolfo e satan desculpa ae por não ter narrador acho que me ocupei muito com o combate mil perdoes hehe *
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
satan

avatar

Mensagens : 449
Data de inscrição : 02/02/2010
Idade : 27
Localização : RJ

Personagem
Aparencia : Albino jamais visto, pele rosa pálida, cabelo do mais puro branco e olhos vermelhos sangue, uma anomalia.

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Sex 01 Abr 2011, 12:05 am

OFF: onde exatamente esta o acido ? no chao no teeto ...e o buraco?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
narrador

avatar

Mensagens : 620
Data de inscrição : 04/02/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Sex 01 Abr 2011, 1:21 pm

Existe dois buracos, um feito por algo que vc não sabe e o outro e pelo acido, de fato um desencadeou o outro, e como se ouve-se um furo atras do outro hehe.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
satan

avatar

Mensagens : 449
Data de inscrição : 02/02/2010
Idade : 27
Localização : RJ

Personagem
Aparencia : Albino jamais visto, pele rosa pálida, cabelo do mais puro branco e olhos vermelhos sangue, uma anomalia.

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Sex 01 Abr 2011, 11:11 pm

*procuro por alguma evidencia, alem das jah vistas*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
narrador

avatar

Mensagens : 620
Data de inscrição : 04/02/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Sab 02 Abr 2011, 10:20 am

Joga os dados ai se não me engano é

Destreza + Investigação
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
satan

avatar

Mensagens : 449
Data de inscrição : 02/02/2010
Idade : 27
Localização : RJ

Personagem
Aparencia : Albino jamais visto, pele rosa pálida, cabelo do mais puro branco e olhos vermelhos sangue, uma anomalia.

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Sab 02 Abr 2011, 4:02 pm

Investigar

des+inv( 3+1)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin

avatar

Mensagens : 2237
Data de inscrição : 29/01/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Sab 02 Abr 2011, 4:02 pm

O membro 'satan' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'10 faces' : 1, 3, 2, 8
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tellurianrpg.forumeiros.com
narrador

avatar

Mensagens : 620
Data de inscrição : 04/02/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Dom 03 Abr 2011, 10:49 am

a dif era 7 foi pra 8 agora, se quiser tentar denovo, porquê você ficou nervoso tudo que eu descrevi antes você reviu,( por causa da falha ) não viu nada de diferente, se quiser tentar denovo fique a vontade ( vc pode gastar ponto de fdv pra ter um sucesso)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
satan

avatar

Mensagens : 449
Data de inscrição : 02/02/2010
Idade : 27
Localização : RJ

Personagem
Aparencia : Albino jamais visto, pele rosa pálida, cabelo do mais puro branco e olhos vermelhos sangue, uma anomalia.

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Sab 09 Abr 2011, 8:21 pm

vo caçar dnv
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin

avatar

Mensagens : 2237
Data de inscrição : 29/01/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Sab 09 Abr 2011, 8:21 pm

O membro 'satan' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'10 faces' : 4, 8, 4, 10
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tellurianrpg.forumeiros.com
narrador

avatar

Mensagens : 620
Data de inscrição : 04/02/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Sab 09 Abr 2011, 8:29 pm

Agora sim um teste de garou huahuahaha
ok,


Seu teste, foi basicamente ter certeza do combate ai, você acabou a concluir que essa coisa pontiaguada, so pode ter sido causada por uma coisa, uma lança , porém como ngm anda correndo com uma lança so pode ter sido uma pessoa, o SAPO ( muhuhauuahuha ),
poise poise, seu amiguinho ta na mão do sapo pelo que tudo indica, agora não e so uma questão de vingança, aé se tb achou uma camisinha e 20 reais...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
satan

avatar

Mensagens : 449
Data de inscrição : 02/02/2010
Idade : 27
Localização : RJ

Personagem
Aparencia : Albino jamais visto, pele rosa pálida, cabelo do mais puro branco e olhos vermelhos sangue, uma anomalia.

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Ter 19 Abr 2011, 11:39 pm

*guardo a camisinha e as 20 pratas no bolso*

--bem vejamos quem esteve aki....

*tiro a roupa e mudo pra forma lupina*

(teste vigor + inst. primitivo) vigor= 3 , inst = 0
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin

avatar

Mensagens : 2237
Data de inscrição : 29/01/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Ter 19 Abr 2011, 11:39 pm

O membro 'satan' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'10 faces' : 1, 3, 9
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tellurianrpg.forumeiros.com
satan

avatar

Mensagens : 449
Data de inscrição : 02/02/2010
Idade : 27
Localização : RJ

Personagem
Aparencia : Albino jamais visto, pele rosa pálida, cabelo do mais puro branco e olhos vermelhos sangue, uma anomalia.

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Ter 19 Abr 2011, 11:43 pm

OFF nota-se q falhei....

*mudo pra minha forma natural (crinos) e dps pra lupino*

teste dnv = vigor 3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin

avatar

Mensagens : 2237
Data de inscrição : 29/01/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Ter 19 Abr 2011, 11:43 pm

O membro 'satan' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'10 faces' : 6, 1, 8
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tellurianrpg.forumeiros.com
narrador

avatar

Mensagens : 620
Data de inscrição : 04/02/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Dom 24 Abr 2011, 10:56 am

Você falhou denovo pois a dif, aumenta em 1 então o 1 anula o 8 e vc continua em crinos na casa hehehe, se quiser tenta denovo com dif+2 nos testes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tellurian

avatar

Mensagens : 556
Data de inscrição : 29/01/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Qua 08 Jun 2011, 3:45 pm

Narrativa Naomi:
Te entregaram uma passagem d avião d ida pra Sicilia, o q pra uma Tribo d parcos Recursos é grande coisa pra uma filhote merecer, o q não tem nada d regalia dada a expectativas depositada não so em sua Raça Pura, mas tb na sua capacidade d acessar seus Ancestrais. Em pleno voo assistindo pela janela olhando a janela o infinito azul profundo do mar mediterrâneo por horas, fazendo da classe econômica não tao ruim assim pra um cochilo. Vc acabou cedendo ao sono e a um sonho recorrente.

Vc esta numa Seita q vc nunca viu na vida, é uma clareira no meio d uma floresta, nos arredores tem plantas nativas apenas da Sicilia, é uma seita arruinada onde apenas o Santuário esta d pé feito em péssima qualidade (taipa)! Vende fora (onde vc esta) o coração do caern é todo preenchido com um breu sobrenatural, d dentro do breu sai um mantra d guerra digno d Dançarino: Agruunnnaa!!! Agruna!!!
Tres Garous acabam d chegar na clareira da seita onde vc está, caminham ate vc atentos ao coração do caern, os 3 assume forma crinos, um deles é um Uktena d pelagem ferrugem, o segundo é um Presa de Prata d renome irrefutável reconhecido na nação garou como Sokolov, e o terceiro é um Garra Vermelha jamais visto e bastante velho mas d uma Raça Pura que transcende os limites d Tribo como se fosse o próprio avatar Ragabash da primeira matilha d gaia. Os três olham um pro outro apreensivos, e apenas com um gesto concordam em adentrar a escuridão armados pra guerra. O Garra vermelha saca um Artefato q os Peregrinos conhecem como o Jambiya Catarse do Limbo, Sokolov transforma suas garras em prata q chega a sair fumaça, e os olhos do Uktena assumem um completo negro assustador q abre um túnel nessa escuridão a medida q o grupo caminhando com cautela avança escuridão adentro. Os três chegam ao Dançarino q faz os cânticos, parece um morto vivo! Esta na forma crinos, corpo esguio, orelhas e focinho pontudos, ou seja pela raça pura é um Peregrino Silencioso caído pra wyrm (e talvez mais do q isso, ele cheira morte!!!), o Peregrino olha d lado e sério fala pro Garra Vermelha:
-- A partir d hoje, o Vale terá um ancião a menos! É hora d dar tchau!

Se ergue a trás do Peregrino uma besta da wyrm serpentiforme q passa por baixo das pernas do Peregrino e o ergue do chão, fazendo o Dançarinos cavalgar a besta da wyrm! O Dançarino arregala um sorriso imenso e a besta urra d tal forma q o Uktena corre dali em frenesi raposa, e o túnel na escuridão é desfeito, vc não ve mais nada dentro do coração do caern, o breu toma conta d tudo, ate o som la dentro é entorpecido, 10 minutos depois vc vê saindo do breu apenas um garou, ele sai andando e a seu lado a besta da wyrm ferida, mas viva!!! O Dançarino olha pra vc satisfeito, passa a um palmo d vc, montado na besta q voa com ele pro Oeste, e vc olha pras planas do vale é como se elas chorassem uma grande perda.


Vc acorda com o barulho do trem d pouso do avião tocando a pista d pouso, a visão termina, o avião pousa no aeroporto d Palermo. Vc acaba d desembarcar, a sua frente a saída do saguão d desembarque todos olham pra vc com dado desprezo, mas quando vc olha pra tras no repente os homens disfarçam q olhavam pra suas pernas, vc sente como é terrível a maldição da fúria mesmo sendo tao atraente. E agora vc se pergunta, pra onde ir?

OFF: Juliana, no seu proximo post informe em off como fiz aqui, qual sua Especialização de Aparência, eu esqueci de pedir na sua ficha. Ah, e so avisando, adicionei a Fraqueza tribal na sua ficha.

_________________
Avisos da Administração
Regras e ferramentas mais usadas Como Lançar os Dados, Guia pra Combate e Força de Vontade pra Coadjuvantes

Como Postar com seu personagem:
-- Falas iniciam-se com TRAVESSÃO, *Ações entre ASTERISCO, apesar d as vezes nao ser necessario* e "Pensamentos entre ASPAS".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nayru

avatar

Mensagens : 60
Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 32
Localização : Onde Judas perdeu as meias

Personagem
Aparencia : Estatura mediana (1,70), Corpo curvelíneo e leve (58Kg), Cabelos ondulados e longos (Acastanhados), Olhos verde relva, Pele morena. É muito bela, lábios carnudos e traços um tanto nobres.

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Qua 08 Jun 2011, 8:08 pm


A jornada começou. Ninguém me avisou, mas eu sabia bem lá no fundo do meu ser que não seria nada fácil. Eu ainda me lembrava bem do quão repentino tudo aconteceu. Como uma certa noite Anksepathon apareceu no acampamento de minha família no meio do deserto e anunciou que eu deveria partir numa viagem sozinha rumo a Istambul. No começou fiquei sem entender os motivos, mas o ancião me avisou que a viagem fazia parte dos caminhos de todo peregrinos. Eu poderia ser especial aos olhos da tribo, mas isso não me destituia de certas obrigações. Eu deveria aprender. E acima de tudo, continuar a me manter oculta como uma peregrina comum. Aquela era a melhor proteção que a tribo em geral poderia me dar. Enquanto Bennu tinha diversos garous mais velhos e melhor treinados lhe protegendo 24 horas por dia dos diversos atentados a sua pessoa, eu não tinha ninguém além de meus tutores e minha família. Aos outros eu deveria ser ninguém.

Acatei a decisão do ancião. Ele era mais sábio, não havia motivos para questioná-lo. E se eu era necessaria em outro lugar, então era melhor eu partir para tentar "ajudar a consertar as coisas". Chegar em Istambul foi a parte fácil. Corri várias milhas no deserto como loba e confesso que foram dias bem agradáveis. A parte difícil foi quando cheguei a Istambul. Fiquei dias perdida entre as ruas marginalizadas ate que finalmente encontrei um irmão de tribo. Ele se desculpou tantas vezes que fiquei sem mais respostas para lhe dar. Ele me acolheu em seu lar, me alimentou e me permitiu uma boa noite de sono numa cama simples e macia. No jantar percebi que, assim como eu, ele também era um arauto, porém suas visões eram sobre futuros recentes. Por isso ele levou algum tempo para me localizar. Sempre que chegava ao local, eu já havia saido dali. Era bem complicado. Achei que havia chegado ao meu destino, porém o meu anfitrião logo mostrou que eu estava apenas na metade de minha jornada. Ele estendeu um bilhete de avião e disse que esse era meu real destino. Olhei impressionada para o bilhete e ele com um sorriso disse que foi adiquirido através da cobrança de um antigo favor.

Agradeci o presente que era o bilhete. Eu sabia o quanto aquele item era algo raro para um de nós receber. Como uma simples cliath, me senti honrada e importante por pensarem ate neste detalhe. Meu anfitrião me deixou no aeroporto ae que eu embarcasse e só quando o avião decolou foi que relaxei um pouco. Não que o vôo fosse desconfortável. A classe econômica é um pouco apertada e os bancos um tanto duros demais. Porém meus companheiros de viagem não era dos mais agradáveis. Sentei-me a janela. A frente havia um trio de crianças estrangeiras que não paravam de tagarelar. A mãe deles estava sentada na mesma fileira que a minha, porém no corredor. Ela praquejava histericamente para as crianças que me olhavam por entre as frestas do banco com um misto de medo e curiosidade. Não entendia o que diziam - devia ser algo em inglês - mas a forma como a mulher me olhava com desprezo eu sabia que era de mim.

A pessoa ao meu lado foi o pior da viagem. Era um homem gorducho com um forte cheiro de comida de fast food. Ele ficou calado a viagem inteira e parecia compenetrado na revista em quadrinhos que lia. Porém apenas PARECIA compenetrado, pois pude ver muito bem como seus olhos de um azul bebê olhavam para "coisas mais interessantes" ocultas no decote de minha blusa. A princípio ignorei todos a minha volta com a enfadonha leitura dos panfletos de segurança do avião. As crianças e a mãe histérica foi fácil ignorar, mas aquele olhar no meu decote estava pesando tanto em mim que senti meu sangue ferver. Precisei de muito para me acalmar e qd consegui fulminei o homem com um olhar de advertência que dizia tudo - "CONTINUE COM ISSO E EU LHE MATO". Qd os olhos azul bebê do homem encontraram os meus raivosos, sua cabeça virou de lado e seu rosto se escondeu atrás das páginas coloridas da revista. Depois disso, não senti mais olhares.

A leitura do panfleto de segurança logo me aborreceu. O larguei de lado, abri a janela e viquei vislumbrando o azul do mar. Era de um azul esverdeado muito hipnótico. Tão hipnótico que acabei adormecendo. E com o sono tive aquela visão pertubadora. Apenas o chacoalhar do avião me despertou. Olhei para os lados e vi o gorducho com perfume de cheeseburger e a histérica se erguendo para a saída. Eu suava e só então me dei conta de que apertava o braço do banco. Realmente a visão havia me pertubado. Tinha de alguma forma alertar os anciões. Tinha de evitar que encontrassem o traidor com o cheiro de quem visitou Anubis pessoalmente em Duat. Ou então de alguma forma alterar o esultado daquela visão. Senti um peso enorme de responsabilidade, pois sabia que deveria evitar aquele futuro trágico.

O desembarque foi tão desagradável quanto o vôo. Novamente aqueles olhares de desprezo assim como os olhares indecentes masculinos. A maldição da fúria devia ser muito pior pra mim ao ponto que começava a entender um pouco o ponto de vista das garous que meu pai dizia se chamarem Fúrias Negras. Elas são um tanto extremistas, mas posso entender bem seu ponto de vista. Caminhei com passos desanimados para fora do aeroporto de Palermo.

O céu da Sícilia era lindo. O ar tinha um cheiro diferente. E o clima, muito mais frio e ameno. Eu diria que era um paraíso se comparado ao deserto, mas a paz da quietude das areias escaldantes ainda era para mim uma benção de Gaia. Andei alguns metros a pé meio dislumbrada com a nova paisagem e foi neste momento que me dei conta de meu primeiro obstáculo - Para onde seguir?! Não haviam me dado dicas, nem pistas, tão pouco... E me veio a mente a visão. Deveria ter alguma área verdejante ali perto e decidi por procurá-la. A clareira de minha visão deveria ser o caern que eu tinha de buscar. Era minha única pista. Segui procurando em placas orientações sobre o parque ambiental mais próximo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tellurian

avatar

Mensagens : 556
Data de inscrição : 29/01/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Qui 09 Jun 2011, 2:29 pm

Narrativa Naomi:
Vc cruza o saguão d desembarque, passa pela revista policial rapidamente, vc não tem nada..., vc cruza o hall dos guichês onde se compra as passagens, e cruza na porta um balcão recepcionista com uma moça q parece uma comissária d bordo.
Vc pisa pra fora do aeroporto e olha pro horizonte e não é nada do q vc pensou.
Deveria ter uma área verdejante, mas não tem... o cenário é agreste com dados alojamentos humanos (pra não dizer, favela meio ruralizada), a via q da pro aeroporto é um rodovia d velocidade mínima d 80 Km por hora. Na saída do aeroporto vc nota q a vegetação local é bem agreste e descampada a perder d vista no horizonte, não é bem o q vc procura, vc pensa no pq disso, se a degradação da natureza local se dá pela presença humana, ou pelo solo calcário, meio branco por vezes amarelado pelo queimar do sol, como uma ferrugem amarelada. Talvez seja culpa d ambos, o fato é q gaia ai esta perigosamente ameaçada e tremendamente fraca, quiçá morta. A vegetação é bem esparsa numa clareira única a perder d vista no horizonte pra todo o lado q vc olha, as plantas são arbustos esparsos, secos e retorcidos, quase um ambiente d deserto d velho oeste, porém sem cactos e sem areia em abundancia (apesar d haver muitas partes arenosas), os arbustos tem no máximo sua cintura d altura, subdesenvolvidos. Vc se pergunta onde foi amarrar seu camelo? E o q interessa, é essa sua especialidade, peregrinar cada vez mais longe.
Seu pensamento realmente faz sentido, pensa e não acha outra referencia pra achar onde ir, plantas endêmicas da Sicilia como viu em sua visão so poderiam estar num parque protegido pelo estado, mas definitivamente na esquina do aeroporto elas não estariam, nem se placas informando existem, mas na sua visão aviam carvalhos e pinheiros, ou vc esta no país errado, ou o existem ai mais parques do q parece, o país é grande, talvez não é o melhor meio pra encontra-lo. Acho q precisa d mais investigação pra achar o tal parque.

O céu realmente é lindo, muito azul e sem nuvens, o q revela um clima seco e difícil, o ceu azul so não supera o profundo azul do mediterrâneo, dos quais ambos destacam das construções amareladas feitas do próprio calcário do solo, como q um pedaço urbano do Egito q se vê em muitos programas d tv. Vc se lembra q em todo aeroporto tem um balcão d atendimento a turistas, onde ah d haver um guia d destinos, sempre tem... talvez devesse voltar pro aeroporto do q tentar achar ao acaso uma placa na rua q leva a um parque natural.

OFF: De agora em diante, cada relação com humanos deve passar por um teste pra saber a FV aleatória dos humanos (pra saber se a maldição da fúria te afeta), esse teste leva em consideração qual a frenquencia d se encontrar um humano d cada nivel d FV, então caso for abordar a recepcionista do aeroporto ou qualquer humano coadjuvante, vc mesmo pode fazer suas rolagens d dado, inclusive esta.

Sistema: Jogue dois dados, o primeiro é a dezena e o segundo é a unidade, zero zero é 100%, caso tirar 99 jogue um terceiro pra fração. Exemplo, no primeiro teste rola 6 e no segundo cinco, dá 65%, entre 64% e 76%, Força de Vontade 5, todo garou d Fúria 6 ou maior é vitima da Maldição da Fúria neste humano.

Força de Vontade 1: 01% a 10% da população
Força de Vontade 2: 11% á 30% da população
Força de Vontade 3: 31% á 48% da população
Força de Vontade 4: 49% á 63% da população
Força de Vontade 5: 64% á 76% da população
Força de Vontade 6: 77% á 86% da população
Força de Vontade 7: 87% á 93% da população
Força de Vontade 8 : 94% á 98% da população
Força de Vontade 9: 99% á 99,5% da população
Força de Vontade 10: 99,6% á 100% da população.

Fonte: Sistema Extra oficial baseado na tabela de Delírio do livro Lobisomem: O Apocalipse 3ª Ed.

OBS: Vc mesmo lança os dados, eu não tenho nada a ver com o resultado q cair ^^.

_________________
Avisos da Administração
Regras e ferramentas mais usadas Como Lançar os Dados, Guia pra Combate e Força de Vontade pra Coadjuvantes

Como Postar com seu personagem:
-- Falas iniciam-se com TRAVESSÃO, *Ações entre ASTERISCO, apesar d as vezes nao ser necessario* e "Pensamentos entre ASPAS".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nayru

avatar

Mensagens : 60
Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 32
Localização : Onde Judas perdeu as meias

Personagem
Aparencia : Estatura mediana (1,70), Corpo curvelíneo e leve (58Kg), Cabelos ondulados e longos (Acastanhados), Olhos verde relva, Pele morena. É muito bela, lábios carnudos e traços um tanto nobres.

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Qui 09 Jun 2011, 2:48 pm


Confusa. Por um breve momento fiquei confusa diante do cenário que me deparei do lado de fora do aeroporto. Tinha de achar o Caern e aquela tal clareira de minha visão. Visões costumam ser acessadas, e não vir de "bom grado" aos arautos. Se Gaia me fez ver aquilo era porque havia muita importância na previsão. E do que eu vi, realmente era importante. Por diversas vezes pensei que os meus irmãos mais velhos de tribo tivessem comprado a passagem para o destino errado. Ou talvez para um destino mais próximo como já haviam feito antes. Contudo eu tinha de averiguar.

Parques ambientais não ficam tão próximos de centros urbanos, essa era a lógica. O problema era como encontrar. As placas mais próximas não indicariam isso e eu corria o risco de andar milhas para o lado errado e só descobrir tarde demais. A solução estava bem atrás de mim depois das portas do aeroporto no balcão que a pouco passei - a recepcionista humana. Não gostava de ter de lidar com eles, talvez por viver tanto tempo reclusa no deserto, mas era minha única chance de achar rápido meu destino.

Dei meia volta e tornei a entrar no aeroporoto. Me armando com o melhor lance de palavras que podia usar, me aproximei do balcão. Tentei sorrir de modo agradável e falei com a jovem moça na língua local.

-- Scusi... Mas você poderia me informar sobre os parques ambientais mais próximos?!



OFF: Rolei o lance de dados da FV dela depois da postagem...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin

avatar

Mensagens : 2237
Data de inscrição : 29/01/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Qui 09 Jun 2011, 2:48 pm

O membro 'Nayru' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'10 faces' : 2, 7
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tellurianrpg.forumeiros.com
Tellurian

avatar

Mensagens : 556
Data de inscrição : 29/01/2010

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Qui 09 Jun 2011, 5:37 pm

Narrativa Naomi:
FV da humana é 2, sua fúria é mais do q isso. Maldição da fúria mode on com a moça, ou seja, sociais praticamente frustrados com a moça.

A moça do balcão se assusta quando vc fala scusi... E ela quase levanta as mãos achando q era assalto, mas ela acaba abaixando os braços, mas ainda esta bem nervosa, e inquieta com vc. Ela da um passo pra tras notavelmente apreensiva como se afastasse da morte, como se sentisse o mau agouro. Ela fica perto d uma porta atrás do balcão e diz:
-- Moça, senhora, éhh... senhorita, olha, naa... no... balcão... guia d destinos.

*A moça raspa a garganta*
-- Err... eu sou nova aqui... Tem um guia de destinos encima no balcão, vou chamar alguém pra te subst.... Digo, ME!!! Alguém vem me substituiro meu almoço.

A moça levanta da cadeira atrás do balcão com prontidão, e entra numa portinha na parede atrás do balcão. Tem a sua frente folders cheios d ilustrações, santinhos e panfletos. Vc espera 5 minutos e nada dela voltar, nem ninguém. Vc olha pra tras tem poucas pessoas ai no hall d espera. Olhando pra tras é possível notar q o hall não esta mais cheio como esteve um dia, e quem acaba d chegar não fica no hall por muito tempo, poucos continuam aí, em particular um casal, o homem olha pra vc te cobiçando, a mulher olha pra vc como se defendesse a cria d um predador. O homem não é feio e a mulher tb não.

_________________
Avisos da Administração
Regras e ferramentas mais usadas Como Lançar os Dados, Guia pra Combate e Força de Vontade pra Coadjuvantes

Como Postar com seu personagem:
-- Falas iniciam-se com TRAVESSÃO, *Ações entre ASTERISCO, apesar d as vezes nao ser necessario* e "Pensamentos entre ASPAS".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nayru

avatar

Mensagens : 60
Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 32
Localização : Onde Judas perdeu as meias

Personagem
Aparencia : Estatura mediana (1,70), Corpo curvelíneo e leve (58Kg), Cabelos ondulados e longos (Acastanhados), Olhos verde relva, Pele morena. É muito bela, lábios carnudos e traços um tanto nobres.

MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   Qui 09 Jun 2011, 5:48 pm


Um suspiro. Cinco minutos de espera e nada da atendente retornar ou algum substituto. Comecei a tentar me distrair com os panfletos e santinhos ali dispostos no balcão. De alguma forma sabia que aquela moça não retornaria tão cedo e que não apareceria ninguém ali para me ajudar. Olhar em volta também não ajudou muito. De todos os transeundes apenas um homem e uma mulher ficaram no hall. O homem me olhando de um jeito que eu detestava, e a mulher acuada. Se tivesse de abordar um dos dois, já sabia quem seria, porém preferia não abordar. Cacei entre os folders ilustrações sobre áreas verdejantes e leria sobre elas e como achá-las. Depois que ao menos descobrisse o nome de meu destino, perguntaria como chegar lá à alguém.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ruas & Avenidas Sicilianas   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ruas & Avenidas Sicilianas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 19 de 21Ir à página : Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20, 21  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Ruas Vazias - 2ª etapa
» Os peões da guerra. (Crônica Oficial)
» Ruas de Lavender Town
» Coisas Escuras e Perturbadoras.
» Mundo Sombrio e Ruas Sangrentas - VIVA ou MORRA!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Tellurian :: Cenário de Jogo :: Sicília-
Ir para: